Províncias

Cidadãos alfabetizados no Kuando-Kubango

Carlos Paulino | Menongue

Um total de 6.779 cidadãos, sendo 4.964 do sexo feminino, foram alfabetizados na província do Kuando-Kubango, durante o ano passado, informou ontem o chefe de secção provincial de ensino de adultos.

Cresce o número de adultos às aulas de alfabetização em relação aos anos anteriores
Fotografia: Carlos Paulino

Um total de 6.779 cidadãos, sendo 4.964 do sexo feminino, foram alfabetizados na província do Kuando-Kubango, durante o ano passado, informou ontem o chefe de secção provincial de ensino de adultos.
Agostinho Tololi disse que os alfabetizados vivem nos municípios de Menongue, Rivungo, Mavinga, Calai, Dirico, Cuangar, Cuchi e Cuito Cuanavale.
O chefe de secção provincial de ensino de adultos referiu que o processo não abrangeu o município de Nankova, devido à falta de professores interessados em leccionar naquela região.
O responsável realçou que o processo de alfabetização na província do Kuando-Kubango é assegurado por 322 alfabetizadores, que leccionam em salas de aulas improvisadas. Agostinho Tololi adiantou que, neste momento, está em curso a renovação de contratos e a admissão de mais professores, com vista a expandir o processo de alfabetização de adultos em todos os municípios, comunas e aldeias da província.
O responsável considerou que a taxa de analfabetismo na província é das mais elevadas do país, devido à intensidade do conflito armado que assolou a região e que forçou a deslocação de milhares de cidadãos para a Namíbia e Zâmbia, onde permaneceram décadas sem instrução escolar.
Para levar adiante o processo de alfabetização de adultos, a secção provincial de ensino de adultos conta com a estreita colaboração das igrejas e unidades militares, que colocam à disposição as capelas e casernas para servirem como salas de aulas.
Agostinho Tololi reconheceu que actualmente há uma maior frequência de adultos às aulas de alfabetização, em relação aos anos anteriores, uma vez que muitos estão a ganhar consciência da necessidade de aprender a ler e a escrever.

Tempo

Multimédia