Províncias

Criada brigada para manutenção de estradas e pontes na província

André Amaro | Lubango

A direcção provincial da Huíla do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) criou uma brigada técnica para velar pela conservação e manutenção das estradas interprovinciais, municipais e secundárias, bem como pontes da região. O facto foi anunciado na semana passada, na cidade do Lubango, pelo director provincial do INEA, Florêncio Teófilo.

Director provincial do Instituto de Estradas
Fotografia: André Amaro | Lubango

A direcção provincial da Huíla do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) criou uma brigada técnica para velar pela conservação e manutenção das estradas interprovinciais, municipais e secundárias, bem como pontes da região. O facto foi anunciado na semana passada, na cidade do Lubango, pelo director provincial do INEA, Florêncio Teófilo.
A Huíla, acrescentou, é uma província onde as chuvas caem com regularidade e intensidade quase todo o ano e esta situação contribui para a rápida danificação das estradas, e daí a importância desta brigada. Florêncio Teófilo sublinhou que o parque de máquinas que a instituição possuía está inoperante, devido ao estado obsoleto em que se encontra o equipamento, que há muito não é renovado.
O responsável referiu que a brigada vai funcionar com um kit de equipamentos, composto por tractores, retroescavadoras, camiões basculantes e outros, que a direcção nacional vai enviar em breve.
A brigada, disse, intervém em situações de emergência, como a que aconteceu na Serra da Leba, com o deslizamento de solos, desabamento de pontes, abertura de ravinas na estrada e outras situações.
O director afirmou que para o êxito desta actividade vão trabalhar em parceria com empresas de construção civil, responsáveis pela construção e reabilitação de algumas estradas e pontes.
Florêncio Teófilo sublinhou que o estado de conservação do asfalto das estradas que ligam a cidade do Lubango com o município da Matala e província do Namibe constitui uma preocupação.
O responsável avançou que possuem algumas estruturas de pontes metálicas, para substituir as que foram colocadas no troço entre os municípios do Cuvango e Chipindo, para facilitar a circulação de veículos.
“No troço Cuvango/Chipindo, nas localidades do Cusso e Cuengue, já concentrámos o material e nos próximos dias vamos instalar as pontes metálicas”, disse.

Tempo

Multimédia