Províncias

Deslocação dos serviços faz aumentar os registos

Carlos Paulino | Menongue

Um total de 87.370 bilhetes de identidade e 920.320 assentos de nascimento foram emitidos entre 2009 e Agosto deste ano pela direcção provincial da Justiça do Kuando-Kubango, disse ontem ao Jornal de Angola, na cidade de Menongue, o responsável da área.

Sistema off-line permite a deslocação de técnicos da Justiça a todos os municípios
Fotografia: Carlos Paulino| Kuando Kubango

Um total de 87.370 bilhetes de identidade e 920.320 assentos de nascimento foram emitidos entre 2009 e Agosto deste ano pela direcção provincial da Justiça do Kuando-Kubango, disse ontem ao Jornal de Angola, na cidade de Menongue, o responsável da área.
Carlos José Pedro esclareceu que, no mesmo período do ano , a direcção da Justiça registou 16.020 crianças menores de cinco anos e cidadãos com poucos recursos financeiros, com realce para os membros da comunidade Khoisan e antigos combatentes.
O número de bilhetes de identidade emitidos só foi possível, segundo responsável, graças à entrada em funcionamento do sistema off-line de emissão de B.I, que está a permitir a deslocação dos técnicos dos serviços de identificação civil a todos os municípios, comunas e aldeias da província, para a recolha de dados dos cidadãos e posterior entrega em pouco tempo. 
Carlos José Pedro explicou que o único posto de identificação civil da província do Kuando-Kubango ,localizado em Menongue emite diariamente pouco mais de 200 bilhetes de identidade, um número que considerou escasso e que pode aumentar caso haja políticas de extensão dos serviços a todos os municípios da região, uma vez que a maior parte dos cidadãos não possui Bilhete de Identidade.
A falta de viatura todo-o-terreno foi apontada pelo responsável como o principal problema com que a instituição se depara, sublinhando que os técnicos encontram dificuldades em movimentar os meios em alguns municípios considerados de difícil acesso, como é o caso de Mavinga, Rivungo e Nancova. 

Tempo

Multimédia