Províncias

Escassez de quadros assola Ensino Superior

A Universidade Cuito Cuanavale (UCC), afecta à VIII região académica do país, que compreende as províncias do Cuando Cubango e do Cunene, está assolada por um défice acentuado de funcionários, entre docentes e técnicos administrativos, disse  à imprensa, na cidade de Menongue, o director nacional dos Recursos Humanos do Ministério do Ensino Superior, Alfredo Buza.

Sede da Universidade Cuito Cuanavale está situada na cidade de Menongue
Fotografia: Nicolau Vasco | Edições Novembro| Cuito Cuanavale

O responsável informou que a instituição escolar é assegurada por 276 funcionários, entre eles 94 estrangeiros, “quando deveria ter 436, entre docentes e não do-centes. “A universidade tem de recrutar mais 160 funcionários para cobrirem todas as áreas”, disse.
A Universidade Cuito Cuanavale tem 177 trabalhadores na província do Cuando Cubango e 99 no Cunene. “O maior défice regista-se na área dos  recursos humanos”, adiantou  Alfredo Buza.
Com a sede da reitoria na cidade de Menongue, a  universidade foi criada em Agosto de 2014 e conta com oito cursos, nomeadamente Biologia, Matemática, Informática para Gestão, Enfermagem, Análises Clínicas, Gestão de Hotelaria e Turismo, Engenharia Hidráulica e Agro-pecuária.

Tempo

Multimédia