Províncias

Experiência com sementes de arroz tem resultados positivos no Longa

Carlos Paulino | Longa

Das 48 variedades de sementes de arroz lançadas ao solo em Outubro, a título experimental, na comuna do Longa, município do Cuito Cuanavale, seis adaptaram-se ao clima da região.

Produção de arroz vai conhecer um novo impulso a nível do país diminuíndo as importações
Fotografia: Carlos Paulino

Das 48 variedades de sementes de arroz lançadas ao solo em Outubro, a título experimental, na comuna do Longa, município do Cuito Cuanavale, seis adaptaram-se ao clima da região.
Lançadas numa área de 40 hectares, as sementes atingiram os níveis de desenvolvimento de acordo com os padrões internacionais da cultura deste cereal, o mais consumido no mundo.
O responsável da empresa chinesa que está a desenvolver a cultura, Luo Feng, disse que com este resultado, obtido no teste experimental, estão lançadas as bases para, a partir de agora, se começar com a produção do arroz em grande escala.
Uma delegação da direcção provincial do Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pesca, chefiada pelo titular da pasta, Francisco Mateus, visitou na sexta-feira, o referido projecto, denominado “Fazenda agroindustrial do Longa”, que tem um contrato válido por cinco anos. Luo Feng explicou aos visitantes que a colheita da fase experimental do arroz é feita em finais deste mês, enquanto se aguarda pela instalação dos equipamentos para o descasque do referido cereal.
O director Manuel Mateus disse que o projecto Fazenda agroindustrial do Longa está avaliado em cerca de 86 milhões de dólares, financiados pelo governo da China.
O empreendimento vai produzir, a partir do próximo ano, 15 mil toneladas de arroz e gerar mais de 800 novos postos de trabalho para a população daquela região da província do Kuando Kubango.
Além do arroz, Francisco Mateus anunciou, também para este mês, a colheita das primeiras 500 toneladas de milho.
Estas quantidades de milho, disse o responsável, foram cultivadas numa área de 100 hectares, no perímetro do canal irrigado do Missombo, situado a cerca de 20 quilómetros de Menongue.

Tempo

Multimédia