Províncias

FAO entrega instrumentos de apoio às famílias carentes

Carlos Paulino | Menongue

O Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) procedeu quarta-feira, nas comunidades de Capico e Caiúndo, município de Menongue, à entrega de instrumentos agrícolas e de pesca artesanal.

O Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) procedeu quarta-feira, nas comunidades de Capico e Caiúndo, município de Menongue, à entrega de instrumentos agrícolas e de pesca artesanal.
Destinados ao apoio de 250 famílias, no âmbito do projecto “Tele-alimentos”, foram entregues inicialmente enxadas, catanas, carretos de linha, anzóis, sementes de tomate, de cenoura, couve, repolho, alface e de cebola que vão permitir que os camponeses e pescadores aumentem os seus níveis de produção e melhorem a sua dieta alimentar.  
 Manuel Quintino, coordenador regional do projecto ambiental para a gestão sustentável da bacia hidrográfica do rio Kubango, que integra a Namíbia e o Botswana, disse que a entrega dos meios tem como objectivo fomentar a agricultura e a pesca artesanal. Brevemente a FAO vai enviar ao Kuando-Kubango mais embarcações, charruas de tracção animal, enxadas, catanas, redes, anzóis, carretos de linha, fertilizantes e sementes diversas para apoiar outras comunidades que também habitam nas margens do rio Kubango, garantiu aquele coordenador. A Associação de Conservação do Ambiente e Desenvolvimento Integrado Rural (Acadir), sua parceira, encarrega-se da distribuição dos meios.
O director provincial da Hotelaria, Comércio e Turismo, Luís Francisco, em representação do governador da província, disse que a entrega destes meios acontece num momento em que o país se mobiliza para o combate da fome e da pobreza. Na província do Kuando-Kubango, a FAO prevê apoiar outras famílias de camponeses e pescadores das localidades de Cahongo e Savate..

Tempo

Multimédia