Províncias

Governador entrega casas a várias famílias khoisans

Carlos Paulino | Menongue

O governador da província do Kuando-Kubango entregou, no fim-de-semana, na aldeia do Bundo, oito casas tipo T-2, completamente mobiladas, a outras tantas famílias da comunidade Khoisan.

O governador da província do Kuando-Kubango entregou, no fim-de-semana, na aldeia do Bundo, oito casas tipo T-2, completamente mobiladas, a outras tantas famílias da comunidade Khoisan.
Eusébio Brito Teixeira disse que as obras custaram aos cofres do Estado cerca de 24 milhões de kwanzas e que o projecto tem como objectivo a integração na sociedade das comunidades Khoisan, ameaçadas de extinção, e para poderem usufruir dos vários serviços disponibilizados pelo Executivo em todo o país.
O governador frisou ser este apenas o começo do projecto e tranquilizou os restantes membros daquela comunidade, de cerca de 250 pessoas, não contempladas nesta fase, pois, garantiu, o governo vai distribuir materiais de construção para serem eles próprios a erguerem as casas, no quadro do programa de autoconstrução dirigida.
Com este método, disse, o governo fica com a responsabilidade exclusiva de colocar nestas aldeias escolas, postos de saúde, sistemas de captação e distribuição de água potável e a instalação de geradores de corrente eléctrica para que os khoisan abandonem, de uma vez por todas, a vida de nómadas.
O soba da aldeia do Bundo, Feliciano Cambinda, agradeceu o gesto do governo e salientou que esta acção do Estado facilita um crescimento rápido da comunidade, que tem ainda muitos elementos nas matas, a levarem uma vida de nómadas, com todos os riscos possíveis, sem assistência médica e escolas, entre outros benefícios.
No Kuando-Kubango, a direcção provincial do Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS) distribui mensalmente bens de primeira necessidade a cerca de sete mil membros da comunidade Khoisan, que se estabeleceram nos municípios de Menongue, Cuangar, Calai e Dirico. 

Tempo

Multimédia