Províncias

Hospital local regista falta de sangue

Maurício Jacinto | Menongue

O banco de hemoterapia do hospital central de Menongue regista uma gritante falta de sangue para dar resposta aos vários casos que necessitam de transfusão, disse o director da unidade sanitária.

Jovens da província doaram sangue ao hospital de Menongue num gesto de solidariedade
Fotografia: Jornal de Angola

Jacinto Guedes, que prestou a informação no acto de doação de sangue feito por militantes da JMPLA àquela unidade sanitária, admitiu que o gesto representa o carinho ao próximo e, de certo modo, minimiza alguma carência que o hospital enfrenta.
A instituição realizou mais de 840 transfusões de sangue desde Janeiro, disse, e referiu que os pacientes, na sua maioria, tiveram de recorrer aos apoios familiares, por falta de doadores voluntários.
A unidade sanitária tem passado enormes dificuldades para atender diariamente em média oito pacientes com doenças infecciosas, anemia aguda, traumatismo, entre outras enfermidades que necessitam de transfusão de sangue.
Por esta razão, o responsável apelou às demais organizações juvenis e pessoas singulares no sentido de seguirem o exemplo dos militantes da JMPLA, uma vez que doar sangue, além de ser um acto de solidariedade, é também salvar vidas.
O segundo secretário provincial da JMPLA, José Martins, disse que o propósito da acção solidária enquadra-se nas festividades do 71º aniversário do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que muito tem feito em prol da juventude e em geral para a melhoria das condições de vida dos angolanos.
Devido à escassez de sangue no hospital central de Menongue, a organização juvenil vai continuar a desenvolver actividades do género com regularidade, para que a unidade sanitária tenha uma reserva suficiente, de modo a dar resposta aos pacientes que acorrem ao hospital em busca de assistência médica e medicamentosa. José Martins anunciou ainda que no quadro das festividades de mais uma data natalícia do Presidente da República, a JMPLA vai realizar, no próximo dia 31 de Agosto, uma actividade músico-cultural, com os reclusos da Unidade Penitenciária de Menongue, assim como a entrega de alimentos, vestuários, entre outros bens de primeira necessidade.

Tempo

Multimédia