Províncias

Hospital sanatório com novos casos de tuberculose

Carlos Paulino | Menongue

O hospital sanatório de Menongue, o único da província do Kuando-Kubango, registou, nos primeiros quatro meses do ano, 461 casos de tuberculose, quatro dos quais terminaram em morte, disse, ao Jornal de Angola, o director do estabelecimento.

O hospital sanatório de Menongue, o único da província do Kuando-Kubango, registou, nos primeiros quatro meses do ano, 461 casos de tuberculose, quatro dos quais terminaram em morte, disse, ao Jornal de Angola, o director do estabelecimento.
Alberto Funvo afirmou que um inquérito feito aos pacientes revela que a maior parte das pessoas atingidas pela doença consome bebidas alcoólicas em excesso e não se alimenta convenientemente.  No ano passado, referiu, foram diagnosticados 270 casos, com 24 óbitos.
O hospital sanatório recebe, diariamente, entre 30 e 40 doentes, provenientes de vários pontos da província, dois ou três dos quais apresentam diagnóstico de evolução agudizada da doença, mas, lamentou Alberto Funvo, não ficam internados porque o estabelecimento tem apenas capacidade para 20 camas, neste momento todas ocupadas.
Os casos diagnosticados, incluindo os doentes menos graves, são mandados para casa, onde “são submetidos a um rigoroso esquema ambulatório, que já conta com 447 pessoas”. 
No hospital sanatório de Menongue são assistidos também 56 pessoas que sofrem de lepra. 
A falta de uma ambulância e de verbas para a aquisição de alimentos ricos em proteínas constituem o principal problema do hospital.

Tempo

Multimédia