Províncias

Igrejas promovem cirurgias a cataratas

Weza Pascoal | Menongue

Centenas de operações a pessoas com cataratas vão ser realizadas até ao próximo dia 31,em Menongue, pela organização Solidariedade Evangélica (Sole), em coordenação com a Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA), do sínodo provincial do Cuando Cubango.

Várias pessoas estão a aderir às consultas de oftalmologia
Fotografia: Nicolau Vasco | Edições Novembro

No mesmo período, terão lugar mais de 500 consultas de oftalmologia, no quadro do Projecto de Oftalmologia Comunitária. 

O oftalmologista Stephen Collins explicou que a consulta de oftalmologia custa dois mil kwanzas e a operação a cataratas 10 mil. Disse que diariamente serão realizadas cerca de seis cirurgias e mais de 40 consultas de oftalmologia. Stephen Collins disse que a idade avançada, inflamações virais, diabetes, VIH/Sida, tuberculose, exposição demasiada ao sol e atraso mental, entre outros factores, constituem as principais causas para o surgimento de cataratas.
Desde 1995, Stephen Collins já realizou mais de 23 mil cirurgias em todo o país, através da organização Solidariedade Evangélica (Sole). “Os pacientes pagam um valor simbólico pelas consultas e cirurgias, mas também atendemos pessoas carenciadas que não têm recursos nenhuns”, disse o médico.
O Projecto de Oftalmologia Comunitária a nível do Cuando Cubango teve início em 1997, por iniciativa da União das Igrejas Evangélicas de Angola (UIEA) e, desde 2009, é realizado pela IECA.
Stephen Collins disse que trabalha com o seu instrumentista optometrista no município de Mavinga, desde o mês passado, mas, por falta de informação detalhada, só realizou uma cirurgia na região.

Tempo

Multimédia