Províncias

Infra-estruturas construídas em Menongue

Carlos Paulino | Menongue

A Administração Municipal de Menongue, província do Cuando Cubango, prevê a construção este ano de dezasseis infra-estruturas sociais, inseridas no programa de combate à fome e pobreza, nas comunas do Jamba Cueio, Missombo e Caiundo, disse quarta-feira o administrador Miguel Ndala, em entrevista ao Jornal de Angola.

O programa do governo da província prevê a construção de três residências do tipo T-3, um posto policial e um armazém comunitário na comuna do Jamba Cueio, duas casas para técnicos e um posto de saúde na aldeia de Cambinda Camanjolo, dez casas “evolutivas”, assim como a reabilitação e ampliação da sede administrativa na comuna do  Caiundo.
Miguel Ndala acrescentou que em construção uma residência para enfermeiros na aldeia de Cavanga e postos médicos no bairro Pandera Popular, somando-se aos 41 postos de saúde e três centros médicos que têm estado a dar resposta às doenças mais frequentes na região, como a malária, diarreia e sarampo. A nível da Educação, 74.579 alunos frequentam os diversos subsistemas de ensino em 70 escolas. Neste momento, está em construção uma escola, com três salas de aula, na aldeia de Tandawe.
Além destes projectos, segundo a administrador, estão a ser desenvolvidas outras acções que incluem a recolha de lixo da cidade de Menongue.
O crescimento populacional da capital do Cuando Cubango, hoje com 306.626 habitantes, implica mais trabalho para a administração municipal, nomeadamente nas áreas da Saúde, Educação, abastecimento de água, energia e saneamento básico, disse Miguel Ndala.

Tempo

Multimédia