Províncias

Jornalista Lariza Miguel sepultada em Menongue

Nicolau Vasco | Menongue

Os restos mortais da repórter Lariza Isabel Miguel, da Televisão Pública de Angola (TPA), falecida na segunda-feira, em Luanda, vítima de doença, foram ontem a enterrar no Cemitério Municipal de Menongue.

Familiares, amigos e colegas acompanharam com dor e consternação os restos mortais da malograda até ao campo santo.O Governo Provincial e a Direcção Provincial da Comunicação Social endereçaram à família enlutada os sentimentos de profundo pesar, pelo passamento físico de quem desde muito nova deu o melhor de si para informar e formar com competência e profissionalismo os telespectadores do Cuando Cubango.
Lariza Miguel, que deixa dois órfãos menores, ingressou nos quadros da TPA em Menongue no ano de 2007. Segundo uma nota da direcção da TPA enviada à redacção do Jornal de Angola, Lariza Isabel Miguel abraçou a carreira jornalística muito cedo e em pouco tempo demonstrou um grande talento e muita força de vontade para aprender sempre. De acordo com o documento, “desempenhou com dedicação e espírito de camaradagem as várias tarefas jornalísticas de carácter político, económico, social e cultural”.

Tempo

Multimédia