Províncias

Jovens doaram sangue ao hospital

Nicolau Vasco | Menongue

Um grupo de militantes do secretariado provincial da JMPLA do Cuando Cubango deu 30 litros de sangue ao hospital Central de Menongue.

Acção da juventude serviu para dar resposta aos vários apelos de salvação de vida
Fotografia: Nicolau Vasco | Menongue

O gesto de solidariedade da organização juvenil enquadra-se nos festejos de mais um aniversário da JMPLA, que se assinala no dia 23.
A acção serviu ainda para dar resposta aos vários apelos de salvação de vida a doentes que precisam de transfusão de sangue. O secretário para associativismo e actividades do secretariado provincial JMPLA, Manuel Tuta, disse que a ideia da doação de sangue surge pelo facto do hospital estar a receber regularmente pacientes em estado crítico e com falta de sangue.
Manuel Tuta garantiu que a sua organização vai continuar a desenvolver actividades do género, visando minimizar a carência de sangue que o hospital enfrenta no seu dia-a-dia.
Além da acção solidária da organização juvenil do partido maioritário, MPLA, o hospital tem contado com doadores da igreja Católica, Adventista, Tocoista, UEIA, entre outras denominações religiosas e associações oriundos das províncias de Luanda e Huambo.
Em Malanje, Lar da terceira idade do bairro da Cahala, recebeu um donativo composto por bens de primeira necessidade, numa iniciativa do Secretariado Provincial da JMPLA.
O donativo é composto por roupa, calçado, bens alimentares e detergentes e enquadra-se nas festividades dos 52 anos da criação da JMPLA.
A coordenadora do lar, Conceição José, apelou à sociedade a prestar mais atenção aos idosos, tendo em conta que ninguém está isento da velhice.
“Esperamos que continuem a prestarem a vossa solidariedade aos idosos que muito precisam e que outras instituições sigam o mesmo exemplo da juventude do MPLA.  O donativo chegou numa boa altura”, disse. O centro controla 41 idosos e tem atravessado situações difíceis, necessitando de obras de reabilitação urgentes.
A falta de transporte e de um centro de saúde é também uma das principais dificuldades do lar da terceira idade.
“Necessitamos de meio de transporte para melhor realizarmos as nossas actividades”, disse. A JMPLA, fundada a 23 de Novembro de 1962, realiza várias acções de beneficência em várias partes da província.

Tempo

Multimédia