Províncias

Jovens são aconselhados a investirem na formação

Weza Pascoal | Menongue

Os jovens da província do Cuando Cubango foram  aconselhados, ontem, em Menongue, a apostar   em cursos técnico-profissionais, pelo director local do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP).

Curso de corte e costura é muito procurado
Fotografia: Dombele Bernardo

Simão Inácio  referiu que actualmente os centros integrados de artes e ofícios do INEFOP controlam um total de 927 jovens e adultos, que iniciaram os cursos no mês passado, nos municípios de Menongue, Cuchi e Cuito Cuanavale.
Os formandos estão a frequentar os cursos de alvenaria, administração e gestão, canalização, contabilidade, electricidade, corte e costura, informática, mecânica auto, carpintaria, agricultura, inglês e serralharia.
  Simão Inácio explicou que os cursos são ministrados no âmbito do sistema de formação profissional, plasmado no Programa Nacional de Desenvolvimento 2012-2017, realizado por instituições como o Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), através do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional.
Simão Inácio assegurou que a formação ajuda os jovens e adultos a adquirirem habilidades profissionais, que permitem participar em actividades de desenvolvimento do país e da província. A  formação profissional deve criar nos formandos o dinamismo e criatividade, de forma a aumentar a eficiência de trabalho e aumentar as opções possíveis de rendimento da produção, disse Simão Inácio, que realçou que os centros de formação, destinados a formar jovens activos, desmobilizados de guerra e outros grupos  semiqualificados e não qualificados em diversas especialidades do saber, permitem a aquisição de ferramentas ligadas à profissão, o que assegura a plena participação no processo de desenvolvimento do país.
No ano passado, o Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional formou, no Cuando Cubango, 890 jovens e adultos nos centros integrados de emprego e formação profissional de Menongue, Cuchi e Cuito Cuanavale.

Tempo

Multimédia