Províncias

Mais médicos nos municípios

O vice-governador do Cuando Cubango para Área Técnica, Joaquim Malichi, reafirmou na cidade de Menongue, a aposta contínua na melhoria da assistência médica e medicamentosa às populações, com o reforço dos recursos humanos e das infra-estruturas.

Joaquim Malichi Falava à imprensa no final da cerimónia de recepção de 18 jovens formados em Enfermagem e Medicina na Universidade Mandume ya Ndemofayo, no Lubango, que estão no Cuando Cubango para reforçarem o quadro de pessoal do sector da Saúde naquela província.
O Governo do Cuando Cubango espera ainda receber nos próximos dias mais um grupo de 28 ou 30 profissionais de saúde, para serem distribuídos pelos nove municípios da província. “Recebemos 18 médicos da província da Huila, mas estamos à espera de outros 28 ou 30 que devem chegar nos próximos dias”, disse Joaquim Malichi.

Situação no Rivungo


O município do Rivungo, situado a 700 quilómetros da cidade de Menongue, vai receber um maior número de técnicos, por ser o único que ainda não possui nenhum médico, segundo Joaquim Malichi.
O vice-governador do Cuando Cubango garantiu que todas as condições estão criadas para que os técnicos exerçam com dignidade as suas funções, sublinhando que as condições de trabalho, as residências e as viaturas de apoio já estão preparadas para o efeito.

Tempo

Multimédia