Províncias

Menongue com restrições no fornecimento de energia

Carlos Paulino | Menongue

O director provincial de Energia e Águas no Kuando Kubango, Filipe Sabino, afirmou na  semana finda que as restrições e falhas no fornecimento de electricidade no Menongue vão continuar, pois não existem ainda condições para aumentar os níveis de produção e de cobertura da cidade.

Grupo gerador instalado na cidade de Menongue não consegue suportar as necessidades
Fotografia: Carlos Paulino | Menongue

O director provincial de Energia e Águas no Kuando Kubango, Filipe Sabino, afirmou na  semana finda que as restrições e falhas no fornecimento de electricidade no Menongue vão continuar, pois não existem ainda condições para aumentar os níveis de produção e de cobertura da cidade.
O responsável adiantou que esta situação se deve ao facto de o grupo de geradores instalado na central térmica da cidade de Menongue, com capacidade para quatro megawatts, estar, neste momento a produzir apenas três, o que não satisfaz o consumo de energia por parte da população, estimada em cerca de 200 mil habitantes.
“Pedimos a compreensão e paciência dos munícipes do Menongue pelos transtornos que estamos a causar e informamos que, nos próximos dias, a situação vai melhorar de forma considerável, já que está prevista a chegada, no primeiro trimestre de 2012, de mais grupos geradores e materiais de baixa tensão para o aumento dos níveis de produção de energia eléctrica e ligações domiciliares”, disse.
O director provincial da Energia e Águas anunciou que, para o próximo ano, está ainda prevista a construção de uma nova central térmica, com uma potência instalada de 10 megawatts, na localidade de Macueva, arredores do Menongue, para servir de alternativa à actual.
Filipe Sabino adiantou que a Empresa Nacional de Electricidade (ENE), que assegura o fornecimento e distribuição de energia eléctrica à cidade de Menongue, precisa de uma produção mínima diária de 10 megawatts.
Para a nossa fonte, a implementação do projecto de energia renovável é um passo acertado na província do Kuando-Kubango, sobretudo nos municípios de difícil acesso, com realce para Mavinga, Nankova e Rivungo, com dificuldades para o transporte de combustível para alimentar os grupos geradores.
As falhas constantes e restrições no fornecimento e distribuição de energia eléctrica na cidade de Menongue, capital do Kuando-Kubango, estão a inquietar os seus habitantes e a fazer com que muitos se desloquem às províncias do Huambo, Huíla e Luanda para passar a quadra festiva.

Tempo

Multimédia