Províncias

Milhares de alfabetizados nas comunidades rurais

Nicolau Vasco | Menongue

Pelo menos 12.738 pessoas, com realce para 9.354 mulheres, foram alfabetizadas através do módulo “Sim, eu posso” na província do Cuando Cubango, no quadro do Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE), levado a cabo desde Setembro do ano passado.

O director provincial da Educação, Miguel Kanhime, reconheceu  quarta-feira em Menongue que o programa “Sim, eu posso”, permitiu alfabetizar 4.844 pessoas desde o princípio deste ano  ano, com a participação activa de mulheres.
O responsável dpo sector da Educação  lamentou o facto de apenas seis dos nove municípios do Cuando Cubango estarem a implementar o programa de alfabetização, sendo Menongue, Cuito Cuanavale, Cuangar, Cuchi, Calai e Dirico.
Este programa, introduzido recentemente no PAAE, está a ser assessorado por professores cubanos, sendo considerado um dos métodos de ensino mais adequados, por apresentar resultados positivos em mais de 16 países.
Miguel Kanhime disse ainda que o “Sim, eu posso” no Cuando Cubango é uma ferramenta de ensino que tem facilitado a rápida aprendizagem, sobretudo de pessoas que vivem nas zonas mais recônditas.
O director provincial da Educação disse que o PAAE tem desempenhado um papel relevante na erradicação do analfabetismo e no aumento sistemático do nível académico da população adulta nos últimos sete anos.

Ensino geral

Cerca de 70 mil pessoas foram alfabetizadas entre 2007 e 2014, e muitos dessas estão a frequentar o ensino geral. Este ano, estão matriculados 23.492 alfabetizandos, distribuídos em três módulos.
No período em referência foram alfabetizados no modulo 1, que corresponde à 1ª e 2ª classes, 12.867 alunos, no módulo 2, que abrange a 3ª e 4ª classes, 3.379, e no módulo 3, que tem a ver com a 5ª e 6ª classes, 2.229 pessoas.
O director provincial da Educação realçou que o PAAE em vigor nas comunidades rurais da província do Cuando Cubango, onde cerca de 80 por cento das pessoas com mais de 15 anos não sabem ler nem escrever, está a contribuir substancialmente para o desenvolvimento social.

Tempo

Multimédia