Províncias

Notas do ensino secundário registaram balanço positivo

Weza Pascoal | Menongue

Pelo menos 382 estudantes da escola do II ciclo do ensino secundário de formação geral de Menongue concluíram, este ano lectivo, a formação média e estão preparados para ingressar no mercado de trabalho ou no ensino superior.

A esmagadora maioria dos alunos matriculados em Menongue transitaram de classe
Fotografia: Jornal de Angola

Ao fim de três anos, 142 estudantes receberam diplomas do curso de ciências jurídico-económicas, 140 de ciências físico-biológicas e cem de ciências humanas.
O director da escola, Inocêncio Herculano, considerou este ano lectivo “positivo”, notando que houve um aproveitamento de 80 por cento, tanto dos alunos finalistas, como daqueles que ainda estão a terminar a sua formação académica. Em 2013, estiveram matriculados no ensino secundário, na província do Kuando-Kubango, mais de 3.400 alunos, distribuídos pelos municípios de Mavinga, Cuangar, Calai e Menongue.
“O nosso grande objectivo é a expansão do ensino médio a todos os municípios, no próximo ano”, afirmou Inocêncio Herculano, referindo que em 2013 a escola teve dificuldades com a sua vedação, falta de laboratórios, campos desportivos e de água potável.
O vice-governador para o sector técnico e infra-estruturas, Joaquim Malichi, mostrou-se satisfeito com o desempenho dos alunos e professores durante este ano lectivo e disse que os principais beneficiários são os municípios do interior, que têm falta de técnicos qualificados. Para resolver a situação rapidamente, prometeu apoio, para que os alunos possam estudar em condições mais dignas no próximo ano lectivo.

Tempo

Multimédia