Províncias

Novos técnicos no mercado

Carlos Paulino | Cuchi

O pavilhão de artes e ofícios do município do Cuchi, província do Kuando Kubango, inaugurado em 2008, colocou, no princípio do mês, no mercado de trabalho o primeiro grupo de 74 técnicos.

O Governo prevê criar, em todo o país, mais de 30 mil postos de trabalho
Fotografia: Jornal de Angola

O pavilhão de artes e ofícios do município do Cuchi, província do Kuando Kubango, inaugurado em 2008, colocou, no princípio do mês, no mercado de trabalho o primeiro grupo de 74 técnicos.
Os técnicos foram formados nas áreas de informática, electricidade, alvenaria, carpintaria, canalização e agricultura.
A acção formativa está enquadrada no movimento do Ministério da Juventude e Desportos denominado “Angola Jovem” que tem a finalidade de garantir a formação dos jovens para o fomento do auto-emprego.
O governo prevê criar, em todo o país, mais de 300 mil postos de trabalho nos próximos quatro anos.
O responsável do centro, José Pedro Dala, disse que dos jovens formados, 30 são técnicos de informática, 20 electricistas, 11 canalizadores, oito carpinteiros, três técnicos de agricultura e dois em alvenaria.
Pedro Dala disse que a inserção dos jovens no mercado do trabalho está a ser processado de forma “muito lenta pelo facto de, na maior parte dos casos, as empresas do ramo de construção civil que ganham empreitadas, a partir de Menongue, chegam ao local já com as suas equipas de trabalho constituídas”.
Apelou aos responsáveis das empresas para apostarem na mão-de-obra local, “até porque gastariam menos dinheiro e tecnicamente os jovens do município do Cuchi estão bem preparados”.
Para o próximo ciclo de formação, que começa já na segunda quinzena deste mês, foram inscritos 70 candidatos, sendo 55 para o curso de informática, sete para electricidade, quatro para canalização, três para a agricultura e um para a alvenaria.
José Dala salientou que o pavilhão de artes e ofícios do município do Cuchi está bem apetrechado tecnicamente.
Debate-se apenas com a falta de uma viatura para apoiar os formandos nas suas deslocações ao terreno durante as aulas práticas.

Tempo

Multimédia