Províncias

Parteiras tradicionais recebem instrumentos

Alzira da Silva | Menongue

  A ministra da Família e Promoção da Mulher, Genoveva Lino, procedeu ontem, em Menongue, província do Kuando Kubango, à entrega de 600 estojos de ferramentas profissionais a igual número de parteiras tradicionais para que estas possam realizar os serviços de parto com eficácia e segurança.

   A ministra da Família e Promoção da Mulher, Genoveva Lino, procedeu ontem, em Menongue, província do Kuando Kubango, à entrega de 600 estojos de ferramentas profissionais a igual número de parteiras tradicionais para que estas possam realizar os serviços de parto com eficácia e segurança.
A ministra garantiu que, nos próximos tempos, o seu ministério vai entregar outros 2.100 estojos às parteiras tradicionais dos municípios de Cuito Cuanavale, Calai, Dirico, Cuangar, Mavinga, Cuchi, Nankova e Rivungo.
Genoveva Lino disse que a distribuição dos estojos de instrumentos faz parte de um projecto do Governo para dotar todas as parteiras tradicionais de ferramentas de trabalho apropriadas, dada a importância e o contributo destes serviços no crescimento demográfico de Angola.
A ministra visitou o Centro Materno Infantil onde fez a entrega de roupas usadas, cobertores, sabão, sal, feijão, fuba de milho e arroz. />A directora do Centro Materno Infantil, Ondina Chiaca, agradeceu o gesto de Genoveva Lino e salientou que a instituição funciona com 123 trabalhadores, entre os quais cinco médicos.
Realçou que durante o primeiro semestre do ano em curso, o centro realizou 1.322 partos, 4.510 consultas externas e diagnosticados 1. 435 casos de paludismo.
Na sala de consultas pré natal foram diagnosticados 11 casos de mães grávidas com o vírus do HIV/Sida, no mesmo período em que foram realizadas 71 cesarianas e um elevado número de casos de aborto.
A responsável do centro tranquilizou as mães, apesar do elevado número de seropositivas, porque o centro tem realizado com sucesso o corte de transmissão vertical, para evitar o contágio dos bebés.
A província do Kuando Kubang, localizada no sudoeste de Angola possui enormes potencialidades turísticas e agrícolas nas  quais gravitam a produção de hortícolas e cereais.

Tempo

Multimédia