Províncias

Pediatria retoma obras

Lourenço Bule | Menongue

As obras de ampliação e modernização do Hospital Pediátrico de Menongue vão retomar em breve, assegurou na sexta-feira o vice-governador provincial para o sector Político e Social do Cuando Cubango.

Pediatria de Menongue retoma obras de reabilitação para melhorar o atendimento
Fotografia: António Capita

Pedro Camelo disse que, apesar da actual situação económica , o Governo Provincial vai concluir as obras do hospital, paralisadas devido  ao atraso no pagamento ao empreiteiro.
No termo da visita de constatação do vice-governador provincial, a directora do Hospital Pediátrico de Menongue, Elsa Nkalenga, revelou que, entre Janeiro e a primeira quinzena de Fevereiro deste ano, a unidade sanitária registou um total de 4.600 pacientes nas consultas externas.
A médica explicou que dos 4.600 pacientes atendidos naquele período   cerca de 900 queixavam-se de problemas que têm a ver com a malária, sarampo, má nutrição e meningite.
A conjuntivite e doenças diarreicas agudas são outros dos casos mais atendidos.
Elsa Nkalenga salientou que, neste momento, as autoridades sanitárias têm desenvolvido várias acções destinadas a sensibilizar as populações para o uso permanente de mosquiteiros e a necessidade de melhorarem o saneamento básico em várias zonas.


Diminuição de óbitos

Elsa Nkalenga disse que esforços são redobrados para  se reduzir o índice de mortalidade a nível do hospital pois a maior parte das mortes acontece por chegada  ao banco de urgência de doentes já em fase terminal da vida.
Elsa Nkalenga informou que a pediatria tem uma capacidade de internamento de 30 pacientes, mas, neste momento, assiste cerca de 130 doentes acamados.
A pediatria conta com três médicos, dois angolanos e um cubano, auxiliados por 34 enfermeiros, um número insuficiente.

Tempo

Multimédia