Províncias

Pista do aeroporto apresenta fissuras

Carlos Paulino| Menongue

O Aeroporto “Comandante Kwenha”, na cidade de Menongue, província do Cuando Cubango, encontra-se desde sábado limitado para aterragem e descolagem de aviões de grande e médio porte, pelo facto de 1.700 dos 3.500 metros de comprimento da pista se encontrarem em obras de requalificação, por apresentar fissuras.

Director da ENANA assegurou que o problema da pista não vai comprometer a inauguração do Aeroporto prevista para final deste mês porque os trabalhos decorrem a bom ritmo
Fotografia: Carlos Paulino| Menongue

O director provincial da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA), Jorge Maurício, disse ao Jornal de Angola que neste momento a construtora cubana “Imbondex” trabalha na recuperação da pista e que tudo indica que até quinta-feira o Aeroporto volta a receber voos.
Neste momento estão operacionais 1.800 metros da pista, o que permite apenas a aterragem e descolagem de aviões de pequeno porte.
Esta situação não vai, de maneira alguma, comprometer a inauguração do Aeroporto, prevista para o final deste mês, porque os trabalhos de recuperação da pista não vão levar mais do que cinco dias. O director provincial da ENANA sublinhou que as obras de reabilitação e ampliação, que começaram em 2008, cingem-se apenas à recuperação do antigo terminal, que compreende a pintura e apetrechamento dos mobiliários que também já está praticamente concluído. />O Aeroporto conta com uma nova aerogare de estrutura metálica, uma sala de embarque e outra de desembarque para receber 200 passageiros cada e tapete rolante para a recepção de carga.
O Aeroporto conta ainda com uma área reservada com cerca de sete balcões para o check-in, torre de controlo com equipamentos modernos de navegação aérea, iluminação da pista, unidade para os bombeiros e postos para os Serviços de Migração e Estrangeiros e das Alfândegas.
A pista recebeu um novo tapete asfáltico e está devidamente sinalizada, de acordo com os padrões internacionais, com 3.500 metros de comprimento e 45 metros de largura, com vista a receber seis aviões de grande porte.
Jorge Maurício disse que o Aeroporto conta com uma área comercial, sistemas de abastecimento de aviões e de extinção de incêndios, um parque de estacionamento para mais de 100 viaturas e outros serviços que garantem maior dignidade e conforto aos passageiros.

Tempo

Multimédia