Províncias

População de Menongue com novo centro de saúde

Nicolau Vasco| Menongue

Um centro de saúde, equipado com tecnologia de última geração, com capacidade de internar 32 pacientes, foi inaugurado, na quinta-feira, no bairro Boa Vida, arredores de Menongue, pelo governador do Kuando-Kubango.

População deixa de percorrer longas distâncias para ser assistida clinicamente
Fotografia: Jornal de Angola

Um centro de saúde, equipado com tecnologia de última geração, com capacidade de internar 32 pacientes, foi inaugurado, na quinta-feira, no bairro Boa Vida, arredores de Menongue, pelo governador do Kuando-Kubango.
O centro, inaugurado no quadro das festividades do 36º aniversário da Independência Nacional, destina-se a prestar assistência a cerca dos 14.200 habitantes dos bairros Saúde, Pandera, Missombo, Mavinga, Tchindandi, Boa Vida, Esperança, Tucuve, Candingo, Kwenha, Tungueno e Vunongue.
As áreas de estomatologia, pediatria, enfermaria, medicina geral, laboratório, banco de urgência, Raio X e farmácia são as suas principais valências.
O estabelecimento vai também ter, entre outros serviços, consultas de planeamento familiar, de aconselhamento e testagem voluntária de VIH/Sida e de educação nutricional de menores e o Programa Alargado de Vacinação (PAV).
As obras de construção do centro de saúde , que duraram 14 meses, e o apetrechamento custaram quatro milhões de dólares.
O novo centro funciona com 58 profissionais, entre médicos, enfermeiros e pessoal administrativo.
O governador da província pediu à população que preserve o imóvel, respeitando as normas a serem estabelecidas pelo corpo directivo.
Brito Teixeira lembrou que o governo provincial trabalha permanentemente com o Executivo para levar os serviços básicos às comunidades. O director provincial da Saúde, Fernando Cassanga, anunciou que, nos próximos dias, são inaugurados mais dois centros de saúde, um no bairro Vitória e outro, no Castilho.
A criação destas unidades, cuja construção está em fase de conclusão, tem o objectivo de desafogar o Hospital Central de Menongue.
O responsável da Saúde pediu ao Gabinete Técnico de Gestão para os Programas de Investimentos Públicos do Kuando-Kubango que construa muros à volta dos centros.

Tempo

Multimédia