Províncias

Prémio de Jornalismo já tem verba atribuída

Carlos Paulino | Menongue

O prémio de Jornalismo da província do Kuando-Kubango, a ser entregue a 21 de Outubro de cada ano, está avaliado em três milhões e meio de kwanzas.

Profissionais do Jornal de Angola ganharam a primeira edição no ano passado
Fotografia: Jornal de Angola

O prémio de Jornalismo da província do Kuando-Kubango, a ser entregue a 21 de Outubro de cada ano, está avaliado em três milhões e meio de kwanzas.
“A verba consta do orçamento local e neste momento os 3,5 milhões de kwanzas já estão na conta bancária do governo da província”, afirmou na segunda-feira, na cidade de Menongue, o governador do Kuando-Kubango.
Eusébio de Brito Teixeira acrescentou que o prémio vai ser atribuído em quatro categorias – imprensa, fotojornalismo, televisão e rádio – e visa incentivar a criatividade e investigação jornalística, tornando-os cada vez mais fortes, competitivos e responsáveis, com vista a promover a qualidade e mérito no exercício da profissão.
Para o governador do Kuando-Kubango, a I edição, no ano passado, foi realizada de forma arrojada, porque o governo nem sequer sabia onde ir buscar o dinheiro.
Os concorrentes à presente edição, sublinhou, estão diante de inúmeros desafios, para remeterem os seus trabalhos ao júri, com o devido tempo e qualidade requerida.
Eusébio de Brito Teixeira garantiu que o governo provincial vai continuar a redobrar esforços na criação das condições indispensáveis para que os órgãos de Comunicação Social sejam cada vez mais fortes, plurais, isentos, independentes e responsáveis.
O jornalista Carlos Paulino e o fotógrafo Nicolau Vasco, das Edições Novembro (Jornal de Angola) venceram a primeira edição, realizada em 2011, e cada um embolsou 250 mil kwanzas.

Tempo

Multimédia