Províncias

Professores de Menongue aprimoram conhecimentos

Nicolau Vasco|Menongue

Professores do ensino primário e do ensino secundário do município de Menongue, participam num seminário de requalificação que inclui conhecimentos de psicologia e pedagogia.

Formação abrange centenas de docentes
Fotografia: Nicolau Vasco |

Durante a acção formativa, os 1.852 professores vão abordar temas relacionados com o preenchimento de relatórios descritivos, métodos de avaliação, planificação das aulas e consolidação da matéria dada.
Convidada a proceder à abertura do seminário, a administradora municipal adjunta de Menongue, Manuela Ferraz, disse que a formação constitui uma mais-valia, tendo em vista que vai permitir a descoberta de pontos fortes e fracos no processo de ensino e aprendizagem.
“Na acção de ensinar e educar é necessário que a entrega dos professores seja demonstrada com amor e dedicação, para que tenhamos um ensino de qualidade e corresponda às exigências do Executivo”, disse.
O director municipal da Educação, Emílio Cassai, afirmou que a formação, com a duração de cinco dias, vai habilitar os professores com diferentes métodos psico-pedagógicos, visando melhorar a organização, pontualidade, assiduidade e o ambiente de trabalho.
Para este ano lectivo, afirmou, a meta é fortalecer as medidas de fiscalização a nível das escolas, para se apurar a efectividade e rendimento de cada professor, para que o Governo deixe de pagar salários aos docentes faltosos ou fantasmas. “Para o êxito desta medida, os directores das coordenações comunais de Jamba Cueio, Missombo, Caiundo e das aldeias do Cuelei, Cuatir e Soba, devem primar pelo controlo dos seus funcionários, de forma a evitar o absentismo no seu local de trabalho”, frisou.
A direcção municipal da Educação prevê matricular neste ano 81 mil alunos e tem actualmente 712 salas de aulas, em 76 escolas, e mais de 2.800 funcionários, entre docentes e pessoal administrativo.

Tempo

Multimédia