Províncias

Professores primários em aldeias recônditas

Cinco professores do ensino primário aceitaram sem reclamar dar aulas em cinco zonas de difícil acesso da província do Cuando Cubango.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

Trata-se das aldeias de Ceredani, Kafuma, Popular, Candjimi e Matende no município de Cuangar, onde dezenas de crianças não tinham acesso ao ensino por falta de professores. De acordo com o chefe de secção do ensino geral da Repartição Municipal da Educação do Cuangar, João Jamba, citado pela Angop, os professores vão viver nas comunidades onde estão destacados, em habitações cedidas pelas comunidades, e quinzenalmente recebem apoio alimentar e outros bens de primeira necessidade da Administração Municipal do Cuangar.

Tempo

Multimédia