Províncias

Professores reforçam ensino no meio rural

Weza Pascoal | Menongue

Um grupo de 52 jovens das comunas do Cuelei, Caiundo e Jamba Cueio, no município de Menongue, concluiu com êxito, ontem, o curso médio de formação de professores rurais, ministrado pela Escola de Professores do Futuro (EPF), afecta à Organização Não Governamental Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).

Crianças do meio rural da província do Cuando Cubango com mais facilidades em aprender a ler e escrever
Fotografia: Paulo Mulaza

O director da escola da ADPP, Walter Alexandre, disse ontem, ao Jornal de Angola, que durante o curso foram realizadas sessões pedagógicas, que serviram para dotar os professores de novos métodos de ensino no meio rural. “As sessões representam um ponto de referência, onde o professor busca técnicas para leccionar com zelo e dedicação no meio rural, utilizando métodos pedagógicos e meios básicos de investigação, que lhe permitem melhorar o seu desempenho”.
Na cerimónia de outorga de diplomas, que contou com a presença do director provincial da Educação, familiares e convidados, Walter Alexandre reafirmou a forte aposta da ADPP na capacitação de todos os professores do Cuando Cubango que trabalham nas comunidades rurais.
“A Escola de Professores do Futuro marca mais um capítulo na superação das dificuldades técnico ou pedagógicas que os professores enfrentam nas diferentes escolas, uma realidade que ficou patente durante o curso, mas posso assegurar que, a partir de agora, estes estão em condições para garantir um ensino de qualidade, através de métodos modernos do ensino primário,” explicou o director da escola da ADPP.
O director da Educação, Miguel Canhime Kazavubo, elogiou o contributo valioso prestado pela ADPP na superação profissional dos professores, uma prática que está a contribuir no melhoramento do ensino no meio rural, como se pode constatar em algumas localidades da província que já foram abrangidas pelo projecto.
Os formados foram exortados por Miguel Canhime Kazavubo a aplicar de “corpo e alma  todos os conhecimentos adquiridos para continuarem a desenvolver o país e a província do Cuando Cubango em particular”. “É um orgulho para as comunidades rurais, pois, de agora em diante, os professores vão assegurar um ensino e aprendizagem de qualidade nestas regiões, pois estão dotados de conhecimentos pedagógicos para um melhor aprendizado de milhares de crianças do meio rural”, concluiu o director da escola da ADPP.

Tempo

Multimédia