Províncias

Programa "Saúde chegou" com a população do Kuelei

Carlos Paulino | Kuelei

A população da comuna do Kuelei, a 30 quilómetros da cidade de Menongue, beneficia desde sexta-feira de assistência médica e medicamentosa gratuita

A população da comuna do Kuelei, a 30 quilómetros da cidade de Menongue, beneficia desde sexta-feira de assistência médica e medicamentosa gratuita, no quadro do Programa de Saúde da Mulher nas Comunidades, uma iniciativa do Secretariado Nacional da Organização da Mulher Angolana (OMA), com vista à redução da mortalidade materno-infantil.
O programa, lançado pela secretária para o departamento de administração, finanças e património da OMA, Albertina Teresa José, vai decorrer até ao dia 13 do corrente mês, com o objectivo de garantir o acesso das mulheres, sobretudo do meio rural, aos cuidados primários de saúde.
Para o êxito deste projecto, foram montadas, na comuna do Kuelei, seis tendas de campanha que estão a servir como consultórios médicos nas especialidades de pediatria, clínica geral, ginecologia, laboratório, farmácia e serviços do Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV). O programa, que decorre sob o lema “Saúde Chegou”, está a ser assegurado por dez médicos e 28 enfermeiros das províncias de Luanda e do Kuando-Kubango afectos ao comité de especialidade do MPLA.
A jovem Paula Domingas, moradora da comuna do Kuelei, uma das  primeiras a receber assistência médica e medicamentosa, disse ficar bastante admirada pela maneira como foi tratada pela equipa médica, uma vez que, depois de alguns minutos de ser atendida, viu as dores que sentia passarem.
 “Não há como agradecer à OMA por este grande programa, porque para além de recebermos assistência médica e medicamentosa de qualidade, é tudo gratuito”, enalteceu a moradora.
O soba da comuna do Kuelei, Miguel Dala, disse que é de louvar a iniciativa da organização feminina do partido no poder.

Defesa da vida


A secretária para o departamento de administração, finanças e património do secretariado nacional da OMA, Albertina Teresa José, sublinhou que, no âmbito do programa, a organização vai passar informações sobre a importância das consultas pré-natais e pós-partos, planeamento familiar e esclarecer sobre os riscos do cancro da mama e do útero.
Albertina José disse que a menopausa, as campanhas de vacinação, o seguimento da criança e o aleitamento materno até aos seis meses são outros assuntos a serem abordados durante o período em que o programa vai funcionar na localidade de Kuelei.

Tempo

Multimédia