Províncias

Progressos sociais foram destacados

Carlos Paulino | Menongue

O presidente da Igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), reverendo Dinis Marcelino Eurico, elogiou ontem em Menongue o desenvolvimento socioeconómico que a província do Cuando Cubango tem registado nos últimos tempos.

Falando na abertura da cruzada evangelista da IESA, sob o lema “Menongue para Cristo”, o pastor sublinhou que são notórios os grandes investimentos realizados fruto das parcerias com a China, Argentina, Itália e do Brasil nos domínios da agricultura e pecuária.
Dinis Eurico disse que a província do Cuando Cubango tem registado também uma expansão de igrejas e da liberdade religiosa, as quais considera um dos principais ganhos da Independência Nacional. Apesar destes importantes ganhos, defendeu a necessidade de o Executivo ter um maior controlo da situação das igrejas e a tomar medidas severas contra as seitas religiosas cujas doutrinas e práticas alteram os bons hábitos, a ordem e a tranquilidade pública no país.
A IESA foi fundada há 118 anos, está instalada na província do Cuando Cubango desde 2004 e realiza principalmente acções sociais para contribuir no processo de reconstrução.

Tempo

Multimédia