Províncias

Província acolhe abertura do ano lectivo

Lourenço Bule | Menongue

O acto central da abertura do ano lectivo 2014-2015 realiza-se no dia 31 de Janeiro na cidade de Menongue, a capital da província do Cuando Cubango, anunciou o director da Educação, Ciências e Tecnologia.

Miguel Canhime Kasavubo disse que o Governo da Província do Cuando Cubango está a preparar ao pormenor todas as condições para a abertura do ano lectivo, explicando que a direcção da Educação está a realizar várias actividades, antes do começo das aulas, como seminários de capacitação dos professores e distribuição de material didáctico.
A província do Cuando Cubango conta com 223 escolas, das quais 14 do primeiro ciclo e oito do segundo, totalizando 1.150 salas de construção definitiva, que vão acolher 189.000 alunos.
Segundo o director da Educação, 13 mil alunos de algumas comunidades rurais da província do Cuando Cubango vão continuar a estudar em capelas, debaixo de árvores, estabelecimentos prisionais e unidades militares, por insuficiência de escolas.
Miguel Canhime Kasavubo acrescentou que para cobrir o défice de estabelecimentos escolares no Cuando Cubango são necessárias mais 1.150 salas de aulas para albergar os alunos que estudam em locais improvisados e receber as cerca de 30.000 crianças que ainda se encontram fora do sistema normal de ensino.
Miguel Kasavubo disse que o Governo da Província está a construir 63 novas escolas, algumas das quais já em fase de conclusão e que podem entrar em funcionamento ainda este ano.
Para leccionar no ano lectivo 2014-2015 estão disponíveis 5.379 docentes, mas o director da Educação defendeu a admissão de mais 2.500.
Miguel Canhime Kasavubo alertou os professores e encarregados de educação para um melhor controlo dos materiais escolares distribuídos aos alunos.

Tempo

Multimédia