Províncias

Recuperadas na região várias estradas

Cerca de cinco centenas de quilómetros de estrada, dos 1.455 previstos, foram terraplenados na província do Kuando-Kubango desde o ano passado, no quadro de um programa operativo criado durante uma visita do Presidente da República àquela região do país.

Vias reabilitadas levam progresso económico e social à província do Kuando-Kubango
Fotografia: Jornal de Angola

Cerca de cinco centenas de quilómetros de estrada, dos 1.455 previstos, foram terraplenados na província do Kuando-Kubango desde o ano passado, no quadro de um programa operativo criado durante uma visita do Presidente da República àquela região do país.
O programa de reabilitação rodoviária do Kuando-Kubango, a que a Angop teve quarta-feira acesso, ressalta que a obra consiste na desmatação das vias, terraplenagem, abertura de valetas e construção de passagens hidráulicas.
 A intervenção vai abranger os troços Cuangar/Calai, Cuangar/Nankova, Rito/Dirico (via Mavengue), Dirico/Mucusso, Cuito Cuanavale/Nankova, Riavela/Mavinga/Samutango e desta via para Neriquinha/Rivungo, bem como a rota Mucusso/Luengue.
O programa cita que a reabilitação aconteceu com a consignação das primeiras empreitadas, em 2011, onde foram concessionados 825 quilómetros de estradas primárias e arruamentos da cidade de Menongue, bem como a construção de nove obras de arte.
 Na capital do Kuando-Kubango foram recuperados 21 quilómetros de ruas, construídas mais de 450 passagens hidráulicas e quatro pontes de betão armado, estando outras cinco em construção.
 O programa refere que foram montadas três estruturas metálicas, sendo duas pontes fixas, em Luauca e Sovi (Menongue) e uma flutuante, na localidade de Caila (município do Cuangar), assim como foi substituído o tabuleiro de madeira por metálico na ponte sobre o rio Cuito, na sede municipal do Cuito Cuanavale.
 Trabalhos do género decorrem a ritmo acelerado nos troços Menongue/Longa, Longa/Cuito Cuanavale, Cuchi/Cutato e Savate/Cuangar.

Tempo

Multimédia