Províncias

Regedorias de Missombo com mais centros de saúde

Carlos Paulino| Missombo

Os habitantes da regedoria de Lilunga e de Luhuenja, cerca de sete quilómetros da sede comunal do Missombo, município de Menongue, vão deixar de percorrer longas distâncias para ter assistência médica e medicamentosa, com a entrada em funcionamento, este mês, de dois centros de saúde, anunciou, sexta-feira, o regedor comunal adjunto do Missombo, António Matias Samba.

Obras dos novos centros de saúde de regedorias de Missombo estão em fase conclusiva
Fotografia: Carlos Paulino

As referidas unidades sanitárias, cujas obras se encontram em fase de conclusão, vão ter cada uma capacidade para internar mais de 30 pacientes em várias áreas de medicina e de enfermaria, além de serviços de farmácia, laboratório, refeitório, lavandaria, entre outros compartimentos.
A entrada em funcionamento dos centros de saúde permite melhorar o processo de realojamento das populações e da unificação das aldeias, que está a ser levado a cabo pela Administração Municipal de Menongue, apurou o Jornal de Angola.
O regedor comunal adjunto do Missombo, António Matias Samba, disse que a entrada em funcionamento destes empreendimentos vai melhorar a vida dos habitantes de Lilunga e Luhuenja, tendo em vista que estas duas localidades vão contar, pela primeira vez, com as infra-estruturas.
António Matias Samba  pediu ao Governo Provincial do Cuando Cubango para construir também naquelas regedorias  sistemas de fornecimento de água potável e energia eléctrica e terraplenar as vias que dão acesso à sede comunal do Missombo, uma vez que as mesmas estão esburacadas e dificultam a circulação de viaturas.

Tempo

Multimédia