Províncias

Registados mais casos no Kuando-Kubango

Manuel Pascoal |Capico

O sector provincial do Kuando-Kubango da Família e Promoção da Mulher (MINFAMU) registou, de Janeiro a Julho do corrente do ano, 227 casos diversos de violência doméstica.

MINFAMU tem resolvido muitos casos
Fotografia: Jornal de Angola

O sector provincial do Kuando-Kubango da Família e Promoção da Mulher (MINFAMU) registou, de Janeiro a Julho do corrente do ano, 227 casos diversos de violência doméstica.
A directora provincial da Família e Promoção da Mulher, Florinda Katango, afirmou ontem que, dos casos notificados, 187 foram resolvidos pela instituição.
Florinda Katango disse que 31 casos de violência doméstica foram transferidos para a direcção provincial de Investigação Criminal, dada a sua gravidade, e dez outros já deram entrada no Tribunal local, onde aguardam julgamento.
Florinda Katango acrescentou que é preciso que o homem esqueça os preconceitos e veja a mulher de igual para igual, em todas as circunstâncias, quer no interior do seu lar, quer no seu local de trabalho.
A directora do Minfamu disse que só assim é possível melhorar a relação de género, de maneira a criar uma sociedade cada vez mais justa, na igualdade de oportunidades.
 Florinda Katango afirmou que o MINFAMU criou nas províncias centros de aconselhamento familiar, para dar solução aos casos de violência doméstica.A vice-governadora do Kuando-Kubango para o sector económico, Verónica Mutango, disse que a mulher actual está seriamente comprometida com a vida do país e deve merecer o carinho de todos.
Verónica Mutango afirmou que quem enveredar pela prática da violência vai sentir seguramente a mão pesada da justiça.
 Verónica Mutango assegurou também que a mulher deve valorizar o factor formação na vida profissional, para que tenha uma participação positiva nas tarefas de reconstrução nacional, no combate ao analfabetismo, à fome e à pobreza e aos desafios da globalização.

Tempo

Multimédia