Províncias

Reposto fornecimento de energia a Menongue

Weza Pascoal | Menongue

O fornecimento de energia eléctrica à cidade de Menongue, província do Cuando Cubango, foi restabelecido ontem apenas em cerca de 20 por cento, depois de um incêndio registado na central térmica, na noite de terça-feira.

Cidade de Menongue continua parcialmente às escuras
Fotografia: Nicolau Vasco | Edições Novembro | Menongue

Segundo o responsável da central térmica, Ernesto Tchssingui, a cidade está a ser alimentada apenas com  2.14 megawatts, dos 10 que constituem a capacidade do grupo de geradores. “A equipa técnica da Prodel conseguiu reparar dois geradores  dos sete existentes na central, portanto, são apenas estes dois que estão a fornecer energia, daí que só o centro da cidade esteja a ser abastecido. Acreditamos que, nas próximas horas, mais dois geradores vão entrar em funcionamento”, garantiu ao Jornal de Angola.
 “Faremos por colocar em funcionamento”, prosseguiu, “quatro geradores para que tenhamos uma produção de pouco mais de 50 por cento  de megawatts e, deste modo,  garantir energia a uma grande parte da cidade. Devo adiantar que um dos geradores ficou totalmente danificado, cuja recuperação passa pela substituição do motor e outros equipamentos.”
 O vice-governador para a área Técnica e Infra-estruturas, Bento Xavier, disse que a cidade de Menongue deixará de ter constantes interrupções de fornecimento de energia quando terminarem as obras da nova central térmica. “A nova central, cujas obras não têm data de conclusão, vai produzir 50 megawatts de energia eléctrica, portanto,  terá capacidade para fornecer toda a cidade de forma ininterrupta”, disse.
Bento Xavier disse que o Governo da província está a envidar esforços para adquirir os acessórios para a recuperação de outros geradores  avariados. “Não perdemos de vista  que as unidades sanitárias e o sistema de captação e distribuição de água também em Menongue só funcionam com  energia eléctrica, daí a preocupação de resolvermos esta questão o mais rápido possível”, sublinhou.  

Tempo

Multimédia