Províncias

Serviços gratuitos de registo civil na maternidade do hospital central

Carlos Paulino | Menongue

A maternidade do hospital central da cidade de Menongue, província do Kuando- Kubango, conta desde quinta-feira da semana passada com serviço gratuito de registo civil do recém-nascido.

A maternidade do hospital central da cidade de Menongue, província do Kuando- Kubango, conta desde quinta-feira da semana passada com serviço gratuito de registo civil do recém-nascido.
De acordo com a segunda ajudante da conservatória do registo civil do Kuando-Kubango, Júlia Franessa, este facto está a evitar que muitas famílias, depois do nascimento do filho, tenham de percorrer longas distâncias e enfrentar enormes filas na conservatória local para conseguir tal direito.
Desde a instalação do posto de registo da maternidade, que atende diariamente quatro a cinco recém-nascidos, salientou a responsável, já foram averbados 27 bebés, tendo os parentes levantado as cédulas na hora. Júlia Franessa fez saber que, para efectuar o registo civil dos recém-nascidos, os pais e padrinhos têm que apresentar, como documento comprovativo, o bilhete de identidade. A segunda ajudante da conservatória do registo civil assegurou que o posto tem cédulas suficientes para atender a demanda dos bebés que nascem na maternidade do hospital central, sem necessidade dos progenitores enfrentarem as dificuldades anteriores e ainda ficam livres de pagar os 17.728 kwanzas, caso demorem muito tempo a registar os seus filhos.

Tempo

Multimédia