Províncias

Sindicalistas locais aprimoram conhecimentos

Lourenço Bule | Menongue

Dirigentes e responsáveis de vários núcleos sindicais de distintas escolas do município de Menongue, província do Cuando Cubango, participam, desde quarta-feira, num seminário de capacitação sobre liderança sindical, promovido pelo Sindicato Nacional de Professores (Sinprof).

Responsáveis sindiciais de várias escolas da província estão a traçar estratégias para resolver os principais problemas dos professores
Fotografia: Jaimagens.com

Com uma duração de cinco dias, a acção formativa, orientada por três prelectores do Secretariado Nacional do Sinprof, tem como finalidade elucidar os participantes com temas relacionados com a liderança nas organizações, mobilização social, género, empoderamento e comunicação.
O secretário nacional para o intercâmbio do Sinprof, Ângelo Mateus Cambera, disse que o referido certame tem como objectivo principal melhorar e aperfeiçoar o intercâmbio entre os professores e líderes sindicais em matérias sobre liderança sindical, com o intuito detes exercerem as actividades laborais com um espírito de maior profissionalismo.
Na ocasião, o responsável defendeu a necessidade de os sindicalistas pautarem por uma boa comunicação e estarem atentos ao debate para que todos os líderes do sector saiam do encontro potencializados com a matéria sobre a liderança sindical, para que a mesma produza efeitos significativos nas actividades diárias dos professores.    “Vamos todos partilhar os temas aqui propostos, visto que é um seminário que tem como objectivo interagirmos conhecimentos sobre a liderança sindical e evoluirmos profissionalmente para o sucesso”, disse Ângelo Cambera para quem liderar é uma arte de comandar pessoas e atrair seguidores, influenciando de forma positiva a mentalidade e comportamento de outrem.
 O secretário nacional para o intercâmbio do Sinprof recordou aos presentes que na organização sindical não pode existir chefes, mas sim líderes, para que todo o sindicalista não seja visto como um simples reivindicador, mas sim como um formador. O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Cuando Cubango, Miguel Kazavube, enalteceu a iniciativa do Secretariado Nacional do Sinprof e apelou aos participantes para primarem pelo diálogo para a resolução dos problemas que afligem os professores e a camada estudantil.
Salientou que o líder de uma organização deve ser democrático, social, ter capacidade de resolução dos problemas com os seus subordinados e defender os interesses sociais e económicos dos mesmos. Miguel Kazavube realçou que a realização do seminário sobre liderança sindical é uma mais-valia para o sector da Educação, visto que eventos do género se destinam a fortificar a associação de professores nesta parcela do território nacional.
Para o responsável, este encontro vai ajudar a formar os responsáveis sindicais da província, para que posteriormente trabalhem para a melhoria das condições de trabalho dos professores e alunos da região.
“Estamos aqui com os líderes sindicais locais para em conjunto trocarmos experiências, que possam contribuir para a busca de melhores soluções na resolução dos problemas dos professores, visto que somos empregadores e trabalhamos com várias associações e se as mesmas forem formadas e educadas labutaremos melhor”, realçou.
Um dos participantes ao certame, o professor Daniel Cailo, disse que  conclaves do género devem ser realizados constantemente, visto que os mesmos tendem a elucidar cada vez mais os responsáveis do sector sindical da região.
Para Daniel Cailo, o conhecimento a ser adquirido vai levar avante todas as suas aspirações e trabalhar para minimizar os problemas que mais afligem os professores da região, com realce para a promoção de categoria.

Tempo

Multimédia