Províncias

Unidades sanitárias entram em funcionamento

Lourenço Bule| Menongue

O sector da Saúde nas localidades de Luassingua e Chipompo, no município de Menongue, província do Cuando Cubango, foi reforçado com a inauguração de mais dois centros de saúde, devidamente equipados.

Serviços sanitários estão mais próximas dos habitantes das localidades de Luassingua e Chipompo no município de Menongue
Fotografia: Kindala Manuel

As infra-estruturas, orçadas em mais de 12 milhões de kwanzas cada, foram construídas no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza. Dispõem de serviços de medicina geral, obstetrícia, pequenas cirurgias, pediatria e uma sala do Programa Alargado de Vacinação (PAV).
O administrador municipal de Menongue, Miguel Dala Popular, disse que as unidades sanitárias inauguradas resultam do cumprimento do Programa de Combate à Pobreza, com base na melhoria das condições das populações, com a instalação dos serviços básicos, como centros e postos de saúde, escolas e sistemas de água potável.
Miguel Dala Popular assegurou que as unidades sanitárias vão permitir que as populações das localidades do Luassingua, que fica a cerca de 60 quilómetros de Menongue, e Chipompo a 15 quilómetros, deixem de percorrer longas distâncias em busca de assistência médica e medicamentosa. A construção das infra-estruturas, disse, é o reflexo dos benefícios dos 12 anos de paz e 39 anos da Independência Nacional.
Os anos de paz permitiram o desenvolvimento social e económico acelerado.
No quadro das festividades do dia da Independência Nacional, que se assina amanhã, vão ser inaugurados vários projectos de impacto social, que visam a melhoria das condições de vida da população, com realce para os sectores da Educação e Saúde, no quadro do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.
Celestina Mutango, habitante de Luassingua, manifestou a sua satisfação pela inauguração do posto médico e garantiu que representa uma mais valia para as populações da localidade que antes percorriam longa distância, até ao Cuito Cuanavale e Menongue, em busca da assistência médica e mdicamentosa.
“Estou muito satisfeita com o trabalho que o Governo Provincial está a fazer e espero que acções do género não parem por aqui, para que toda a população do Cuando Cubango possa ter os serviços básicos mais próximos”, disse.

Tempo

Multimédia