Províncias

Universidade quer uso de novas tecnologias

Weza Pascoal | Menongue

A Escola Superior Politécnica do Cuando Cubango, afecta à Universidade Cuito Cuanavale, realizou, na cidade de Menongue, as II jornadas científicas estudantis, com o objectivo de incentivar a utilização das tecnologias de informação, enquanto potenciais ferramentas que podem auxiliar o crescimento e desenvolvimento daquela parcela do país.

Estudantes aconselhados a usar ainda mais as novas tecnologias de informação
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

Com duração de dois dias, as jornadas científicas, que decorreram sob o lema: As Tecnologias de Informação e Comunicação, como proposta de desenvolvimento económico local, têm também como objectivo promover a investigação científica no seio dos estudantes e contribuir para o desenvolvimento económico da província.
Durante o evento, estudantes e docentes nacionais e estrangeiros abordaram temas como multimédias, produção de grãos na Direcção Provincial da Agricultura, em Menongue, base de dados para controlo dos funcionários da Direcção Provincial da Educação e aplicação de software de gestão numa empresa.
Constaram ainda dos temas em debate a base de dados para a gestão de recrutamento e selecção do pessoal da Direcção Provincial da Educação e o site web para orientação profissional dos alunos do Instituto Médio de Administração e Gestão de Menongue.
A par disso, os participantes fizeram a apresentação do novo logotipo da Escola Superior Politécnica do Cuando Cubango, ergonomia informática, proposta de marketing das empresas industriais da região mediante o uso de sistemas informáticos, assim como redes sociais: amigas ou inimigas.
Durante as jornadas científicas foram igualmente abordados assuntos como site web para a disciplina de sistema de gestão de base de dados no curso de Informática, para a gestão na referida instituição universitária.
Os desafios para o crescimento e desenvolvimento económico do Cuando Cubango e da página web para a divulgação do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes em Menongue foram também abordados pelos participantes.
O reitor em exercício da Universidade Cuito Cuanavale, Augusto Chipombela, que falava no acto de abertura, disse que as presentes jornadas científicas estudantis visaram apontar caminhos para uma relação mais próxima e saudável entre a universidade e a população, que deve sentir os efeitos positivos das instituições do ensino superior.
Augusto Chipombela referiu que, em pleno século 21, a materialização dos conceitos de crescimento e de desenvolvimento estão intrinsecamente relacionados com as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), por isso a pertinência do lema e da simbiose que se estabelece entre aspectos socioeconómicos.
Frisou que as jornadas constituem uma autêntica oportunidade de representação de resultados de investigação e sua disseminação à comunidade académica, que representa também um momento ímpar de introspecção, tendo em conta que se pode avaliar o grau de investigação em que os estudantes se encontram.
“Estamos certos que os estudantes constituem a franja peculiar no campo da investigação científica e por isso são chamados a serem mais actuantes e participantes em actividades do género, de modo a engrandecer o seu leque de conhecimentos e serem partícipes na construção da unidade orgânica”, concluiu o reitor em exercício da Universidade Cuito Cuanavale.
O académico espera que os estudantes possam reforçar cada vez mais o hábito da pesquisa científica, recorrendo aos equipamentos tecnoloógicos à sua disposição, para que os resultados escolares possam ser positivos.

Tempo

Multimédia