Províncias

Várias crianças reintegradas nas famílias

Nicolau Vasco | Menongue

Um grupo de 83 crianças foram reintegradas nas respectivas famílias pela Direcção Provincial da Assistência e Reinserção Social, refere um documento do Governo Provincial do Cuando Cubango, divulgado na cidade de Menongue.

Aumentam as acções na província do Cuando Cubango para as crianças crescerem em ambientes sadios e harmoniosos
Fotografia: Kindala Manuel

Além das crianças, no âmbito do projecto “Leite e Papa”, a Direcção Provincial assistiu outros 410 menores dos municípios de Menongue, Rivungo, Cuito Cuanavale e Cuchi.
No âmbito dos 11 compromissos, foi construído um centro infantil no município do Dirico e encontram-se em fase de conclusão três instituições de acolhimento de crianças e de idosos, em Menongue, além de duas outras no Cuito Cuanavale e Cuchi.
O documento do Governo avança ainda que 1.266 cidadãos, que viviam na condição de refugiados na Zâmbia e Namíbia, regressaram nos últimos dois anos ao país, a partir da província do Cuando Cubango, no âmbito do programa do repatriamento voluntário.
A nota acrescenta que o processo realizado pelo Ministério da Assistência e Reinserção Social, em parceira com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), permitiu que as famílias fossem reintegradas nas províncias do Cuando Cubango, Moxico, Huambo, Huíla e Benguela.
Os cidadãos que viviam nos campos de refugiados de Ukwimi, Mayaukwayaukwa e Nanguweshi entraram por via terrestre no território nacional a partir dos postos fronteiriços de Catuitui (município do Cuangar),  limítrofe com a Namíbia, e do Rivungo, que faz fronteira com a Zâmbia.
O documento indica que, no período em análise, o Governo, através da Direcção Provincial da Assistência e Reinserção Social, no âmbito do projecto de cesta básica, distribuiu pelo menos 37,4 toneladas de roupas usadas e de bens alimentares, para 60.622 pessoas vulneráveis. O mesmo projecto abrangeu igualmente 8.075 habitantes da comunidade khoisan dos municípios de Nancova, Menongue, Dirico, Rivungo, Calai, Cuangar e Cuito Cuanavale, segundo o documento.
A nota refere que no quadro da assistência e promoção social, a instituição, nos últimos dois anos, criou três cooperativas que beneficiaram 18 famílias, bem como distribuiu meios de locomoção, como motorizadas de três rodas e muletas para várias associações, que englobam 106 deficientes físicos.
No Programa Nacional de Habitação, a Direcção Provincial  do Cuando Cubango da Assistência e Reintegração Social construiu e distribuiu 20 casas sociais às famílias deficientes, beneficiando pelo menos cem pessoas.

Tempo

Multimédia