Províncias

Vila do Cuito Cuanavale prepara parque temático

Carlos Paulino | Menongue

O anteprojecto para a construção de um parque temático no município do Cuito Cuanavale, província do Cuando Cubango, foi apresentado quarta-feira, na cidade de Menongue, ao secretário de Estado do Turismo, Alberto Kaputo, e aos membros do governo local, para a recolha das últimas contribuições.  

Parque implementado numa área de milhares de hectares ao longo das margens dos rios Cuito e Cuanavale vai contar com zonas de exposição
Fotografia: Amândio Miguel | Menongue

O parque, implantado numa área de cerca de 1.000 hectares ao longo das margens dos rios Cuito e Cuanavale, contará com zonas de exposição do armamento usado durante a batalha do Cuito Cuanavale, restaurantes, estabelecimentos comerciais, unidades hoteleiras, piscinas, carrosséis, escorregas, montanha russa e outros espaços de lazer.
O gestor do projecto, a ser elaborado pelo empresa Tecnocarro, José Gil Duarte, disse ontem, ao Jornal de Angola, que o mesmo está quase concluído, faltando apenas a sua rectificação, com a introdução de alguns detalhes que visam dar maior ênfase ao que foi realmente a batalha do Cuito Cuanavale e a cultura local.  
Gil Duarte referiu que o parque vai, de forma pedagógica, permitir, a partir da exposições de equipamentos militares, explicar às novas gerações o espírito de resistência, coragem, determinação e de superação que os angolanos tiveram para a conquista da batalha do Cuito Cuanavale contra o regime do apartheid da África do Sul. 
“Para o êxito deste projecto é ainda necessário que o governo da província aposte na dinamização do aeroporto do Cuito Cuanavale “23 de Março”, para poder receber voos regionais, melhorar as vias de acesso e o sector da saúde na localidade”, disse. José Gil Duarte defendeu a necessidade de  um maior esforço no processo de desminagem no município do Cuito Cuanavale, tendo em conta que algumas áreas afectas ao projecto ainda se encontram minadas, o que constitui perigo para a implantação do parque. Reconheceu que a área onde vai ser implantado o projecto tem um sistema ecológico intacto, com realce para os recursos florestais, faunísticos e hídricos, que são as bases fundamentais para a construção daquele que será o primeiro parque temático em Angola e de referência internacional. O governador da província, Higino Carneiro, disse que o parque temático vai ser uma mais-valia para o Cuando Cubango e do país em geral, tendo em vista que o mesmo vai permitir a promoção do turismo, patriotismo, valores culturais e no desenvolvimento socioeconómico da região. Sublinhou que a execução deste importante projecto visa também homenagear os heróis da batalha do Cuito Cuanavale, que foram  cruciais para a abolição do regime do apartheid, a independência da Namíbia, a libertação de Nelson Mandela e a estabilização da África Austral de um modo geral.
“O governo da província está a envidar esforços para a conclusão do projecto o mais rápido possível, para ser remetido ao Executivo para a sua aprovação e posteriormente a sua implementação”, disse, acrescentando que o parque temático vai espelhar o grande potencial que o Cuando Cubango tem para a promoção do ecoturismo.
O secretário de Estado do Turismo, Alfredo Varo Kaputo, disse que a efectivação da implantação do parque temático no município do Cuito Cuanavale vai contribuir significativamente para alavancar o projecto transfronteiriço Okavango-Zambeze (KAZA).
“Não temos dúvidas de que o município do Cuito Cuanavale, como integrante deste importante projecto na componente angolana, será o principal pulmão para atrair turistas e investidores estrangeiros e nacionais, tendo em vista a sua dimensão histórica na estabilidade do continente africano”, concluiu. 

Tempo

Multimédia