Províncias

Kuito dispõe de 80 hectares para construção de moradias

O município do Kuito, na província do Bié, dispõe de 80 hectares de reservas fundiárias, na localidade do Chissindo, para
a construção de moradias, com destaque para as destinadas à juventude biena.

Ângulo da cidade do Kuito onde estão a ser erguidas muitas infra-estruturas de impacto social
Fotografia: Paulo Damião

O município do Kuito, na província do Bié, dispõe de 80 hectares de reservas fundiárias, na localidade do Chissindo, para
a construção de moradias, com destaque para as destinadas à juventude biena.
O facto foi anunciado ontem pelo vice-governador do Bié para organização e serviços técnicos, Andrade Adolfo, após uma visita de trabalho ao local efectuada pelo governador da província, Álvaro Boavida Neto.
Sem revelar o número de casas a serem construídas naquele perímetro, o vice-governador disse que o projecto começa no princípio de 2010 e vai abranger residências de alta, média e baixa renda, acrescentando que estarão envolvidas no projecto seis empresas especializadas no ramo de construção civil. Frisou ainda que a construção das moradias, além de oferecer comodidade à população, contribuirá para o descongestionamento da cidade. Apelou ainda aos empresários nacionais, e em especial da província, no sentido de investirem no mercado imobiliário, visando ajudar o governo no projecto de construção de residências para as populações.

Tempo

Multimédia