Províncias

Kundi Paihama promete ajuda

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

O governador da província do Cunene, Kundi Paihama, avaliou ontem  o quadro de funcionamento dos órgãos de comunicação social locais, tendo constatado um conjunto de dificuldades, principalmente as que se prendem com a falta de meios de transporte para a cobertura de factos noticiosos.

Governador provincial do Cunene Kundi Paihama foi auscultar os problemas dos jornalistas e prometeu ajudar no que for possível
Fotografia: Estanislau Costa | Edições Novembro

A constatação da realidade do sector da comunicação social da província enquadrou-se nas comemorações do 3 de Maio, Dia Internacional da Liberdade de Imprensa.
Kundi Paihama  visitou as instalações da  Angop, Edições Novembro,  Emissora Provincial da Rádio Nacional de Angola (RNA), Televisão Pública de Angola (TPA) e o gabinete de correspondência da Rádio Ecclesia, Emissora Católica de Angola.
 A visita culminou com um encontro com a classe jornalística local, no qual os profissionais apresentaram as grandes dificuldades no dia-a-dia, como a falta de instalações condignas, meios de transporte para reportagens, computadores e, sobretudo, sistemas de internet de maior eficiência, numa altura em que se avizinha o grande desafio eleitoral.
No final, o governador provincial do Cunene mostrou-se satisfeito com o empenho dos quadros da comunicação social que, apesar das dificuldades, têm sabido exercer a actividade com brio e um grande profissionalismo, mantendo informada a população sobre o que acontece na província e no país.
 Kundi Paihama disse que espera dos órgãos de comunicação social um grande trabalho informativo com verdade e responsabilidade, principalmente agora que o país caminha para as eleições gerais.  Defendeu que os jornalistas devem trabalhar  de modo a que não sejam nunca confundidos com os actores políticos, mas como profissionais que têm a nobre missão de informar os factos noticiosos com verdade e isenção. O governador prometeu ajudar, na medida do possível,  a superar algumas dificuldades que os órgãos locais de comunicação social enfrentam, de modo a garantir um serviço de informação dentro dos parâmetros e dos níveis funcionais aceitáveis. José Jaime, director da TPA, disse que a visita do governador foi oportuna, porque permitiu perceber o muito que se tem feito, apesar das dificuldades.O director da Emissora local da RNA, Conceição Bartolomeu, disse que a visita do governador foi de extrema importância para colmatar alguns problemas de ordem funcional.

Tempo

Multimédia