Províncias

Abertas unidades sanitárias no interior

Marcelo Manuel | Cambambe

Os serviços de saúde nas comunidades de Caxissa e Cassonde, no município de Cambambe, província do Cuanza Norte, foram reforçados com mais uma unidade sanitária cada, erguidas no âmbito da expansão e melhoria dos serviços essenciais.

Novas unidades sanitárias inauguradas fazem parte de um leque de acções de melhoria das condições de vida das populações
Fotografia: Nilo Mateus

Construídas com fundo de gestão municipal de Cambambe, os empreendimentos, inaugurados pelo vice-governador do Cuanza Norte para o sector Político e Social, José Alberto Kipuno, fazem parte de um leque de acções de melhorias das condições de vida das populações.
O administrador municipal de Cambambe, Francisco Manuel Diogo, considerou importante a construção das unidades sanitárias nas respectivas regiões do município de Cambambe e disse que o que se pretende é expandir os serviços de saúde nas comunas e aldeias, para evitar que a população percorra grandes distâncias em busca de assistência médica e medicamentosa.  
As obras das unidades sanitárias duraram 11 meses, custaram aos cofres da administração de Cambambe 25 milhões de kwanzas e vão beneficiar 635 habitantes das localidades de Caxissa, Cassonde, Catima e Cambondo.
Os centros dispõem de uma recepção, consultório médico, sala de parto, farmácia e um laboratório de análises clínicas.

Tempo

Multimédia