Províncias

Aberto posto de emissão no município de Ambaca

Marcelo Manuel | Ambaca

Habitantes do município de Ambaca, 191 quilómetros a Norte de Ndalatando, capital do Kwanza-Norte, mostram-se satisfeitos com a entrada em funcionamento dos serviços de emissão do Bilhete de Identidade, que anteriormente tinha que ser tratado no município de Cazengo.

População com mais facilidades para tratar o BI
Fotografia: Marcelo Manuel |Ambaca

Habitantes do município de Ambaca, 191 quilómetros a Norte de Ndalatando, capital do Kwanza-Norte, mostram-se satisfeitos com a entrada em funcionamento dos serviços de emissão do Bilhete de Identidade, que anteriormente tinha que ser tratado no município de Cazengo.
A cidadã Juliana André, agricultora de profissão, visivelmente satisfeita, disse ao Jornal de Angola que a emissão do Bilhete de Identidade a nível do município é encarada como uma mais-valia, pelo facto de poupar despesas em termos de transporte e acomodação em Ndalatando.
Já Caetano Joaquim de Sousa, funcionário público, frisou que deste modo não tem qualquer necessidade de abandonar o seu local de trabalho em busca dos serviços de identificação, situação que, afirmou, gerou no passado vários conflitos entre empregados e empregadores, devido aos dias perdidos em Cazengo, em busca do Bilhete de Identidade.
Constatações feitas no local dão conta que o posto de emissão de Bilhetes de Ambaca é de carácter itinerante, move-se por meio de um caminhão e funciona com seis empregados. O chefe de repartição municipal de identificação de Ambaca, Manuel António Caba, fez saber que o trabalho decorre a ritmo aceitável, pelo facto do posto registar em média a adesão de 20 a 30 cidadãos por dia. Avançou que os trabalhos tiveram início a 20 de Fevereiro passado, período que já permitiu a recepção de 113 pedidos de emissão de Bilhetes de Identidade.
Sublinhou que a nível local são apenas processados os dados dos cidadãos, que posteriormente são enviados ao sistema central provincial em Ndalatando, onde, após 15 ou 20 dias, são emitidos, em função da demanda de trabalhos. Avançou que o posto vai apenas trabalhar a nível da sede municipal, durante um tempo indeterminado, tudo em função da adesão da população.
Deu a conhecer que a maior parte dos cidadãos têm bilhetes caducados, tendo avançado que são raros os casos de pedidos de emissão com cópias integrais.

Tempo

Multimédia