Províncias

Administração está apostada nas zonas verdes

Pelo menos 500 árvores foram plantadas em várias artérias da vila de Bolongongo, província do Cuanza Norte, no quadro de um programa de arborização e alargamento das zonas verdes.

A acção é uma iniciativa da Administração Municipal do Bolongongo, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Florestal.
O responsável do departamento provincial do Instituto de Desenvolvimento Florestal, Guilherme Sebastião da Costa, realçou a importância da preservação da flora para o bem-estar dos homens e animais.
Guilherme Sebastião da Costa realçou o facto de 53 por cento da superfície do país estar coberta por florestas, reforçando que os bosques têm uma grande importância na vertente económica, social e do ponto de vista ambiental e cultural.
Na vertente ambiental, as florestas desempenham um papel crucial na manutenção da vida, através dos processos de fotossíntese, na regulação e manutenção dos caudais dos rios e na fixação dos solos. Na vertente económica, as árvores fornecem matéria-prima que contribuem para o desenvolvimento da sociedade.

Tempo

Multimédia