Províncias

Adoptado novo modelo para a limpeza da cidade

A cidade do Dondo, sede do município de Cambambe, na província do Cuanza Norte, conta, a partir de amanha, com um novo modelo de recolha de lixo, no quadro da simplificação das despesas com o saneamento básico, informou ontem, naquela cidade, o administrador local.

Habitantes aderem a recolha de lixo
Fotografia: José Soares

Francisco Diogo referiu que, após terem sido ensaiados vários modelos, fundamentalmente o da realização de campanhas massivas aos sábados, a Administração do município concluiu a elaboração de um calendário semanal, com a inclusão de diferentes grupos da sociedade, como sendo o modelo mais ajustado.
Este modelo, afirmou Francisco Diogo, além de reforçar a capacidade de limpeza, vai contribuir para a simplificação dos gastos até agora à cargo do governo, desde que todos os cidadãos participem na melhoria da imagem do meio em que habitam, disse o administrador municipal, para acrescentar que conta com o envolvimento de efectivos dos órgão de defesa, segurança e ordem interna, igrejas, estudantes, funcionários públicos e das empresas privadas.
Foi elaborado um programa de actividades que permite a constituição de grupos encarregues da limpeza da cidade, para se evitar que todos trabalhem de uma só vez, deixando depois a cidade suja por muito tempo, informou o administrador municipal, que anunciou ainda ter sido criado um grupo técnico de monitoramento dos trabalhos.
Quanto ao modelo de limpeza da periferia, Francisco Diogo disse que vão ser escavados aterros sanitários em locais a serem indicados pelas próprias comunidades, utilizáveis apenas na época seca e que são destruídos nas vésperas das chuvas, para impedir que os locais sejam fonte de proliferação de doenças.
Serão mobilizados meios de transporte, incluindo os das empresas privadas, visando contribuir na recolha e transportação do lixo para as zonas indicadas, garantiu o administrador municipal de Cambambe, concluiu Francisco Diogo.

Tempo

Multimédia