Províncias

ADPP alfabetiza mais de oito mil cidadãos no Lucala

Marcelo Manuel | Lucala

Oito mil e 466 cidadãos foram alfabetizados nos últimos oito anos, no município do Lucala, província do Cuanza-Norte, através do Programa de Educação de Adultos da organização Ajuda de Povo para Povo (ADPP), em três módulos educativos.

Centenas de adultos são alfabetizados anualmente em todo o país com o apoio da ADPP
Fotografia: Domingos Cadência | Edições Novembro

Segundo a presidente do Conselho de Administração da ADPP em Angola, Rikke Viholm, da cifra referida, 801 alfabetizados foram inseridos no sistema normal de ensino, nos municípios de Lucala,Samba-Cajú e Ambaca.
A responsável revelou estes dados durante a sessão de encerramento da segunda fase do projecto Koica, que permitiu a criação de quatro dormitórios, que no presente ano lectivo possibilitou a absorção de 130 estudantes internos,nos cursos de Magistério Primário e Formação Polivalente, a par de uma ala residencial para 16 professores.
Avançou que, o projecto começou em 2016 e terminou em Dezembro de 2018, com o financiamento da Agência de Cooperação Internacional da Coreia do Sul, que serviu também para o aumento das infra-estruturas do Centro Educacional, e a melhoria do Programa de Formação dos professores em Magistério Primário e estudantes da Escola Polivalente, ministrados na mesma agregação pedagógica.
Rikke Viholm ressaltou que a implementação do projecto Koica permitiu ainda a criação de um pavilhão com nove divisões para estudos e lazer, aplicação de mosaicos nas turmas, criação de um sistema de fornecimento de água potável e aquisição de equipamentos escolares.Destacou que no presente ano a escola da ADPP no Lucala alberga 528 estudantes internos e externos, dos quais 155 são senhoras, nos cursos de Magistério Primário e Formação Polivalente, dos colectivos de estudantes de 2017, 2018 e 2019.Rikke Viholm sublinhou que a abertura da escola da ADPP na região auxiliou o treinamento de 567 professores das escolas do Governo,em 40 sessões pedagógicas, nos municípios de Ambaca, Golungo-Alto, Cambambe e Lucala.
Fez saber ainda que até o mês passado foram formados 198 técnicos básicos, nos cursos de electricidade, agro-alimentos e culinária.
Desde a sua abertura em 2010, a Escola de Formação de Professores Primários da ADPP no Lucala graduou 406 docentes e administrou aulas a duas mil e 384 crianças em escolas rurais, com a participação de professores estagiários.

 

Tempo

Multimédia