Províncias

Bairros periféricos requalificados em breve

Manuel Fontoura | Ndalatando

A requalificação dos bairros periféricos da cidade de Ndalatando é uma das principais apostas das autoridades administrativas de Cazengo, com vista a dar maior sustentabilidade e qualidade de vida aos munícipes.

Administradora Edvijes Ribeiro fala dos projectos que vão ser executados para melhorar a imagem da cidade de Ndalatando e arredores
Fotografia: Nilo Mateus | Ndalatando

A administradora municipal do Cazengo, Edvijes Ribeiro, revelou quinta-feira, em Ndalatando, que a atenção das autoridades locais está direccionada para esta missão, tendo considerado que a execução do Plano Director de Desenvolvimento do município e do Programa Nacional do Fomento Habitacional vai ajudar a mudar a imagem dos bairros periféricos.
A responsável, que falava na cerimónia de abertura das actividades dos 57 anos da cidade de Ndalatando, a celebrar-se a 28 deste mês, disse que Ndalatando tem registado grandes avanços em diversos sectores da vida socioeconómica. A administradora salientou que está em curso o processo de expansão dos programas “Água para Todos” e de energia eléctrica a todas as localidades do município.
A administradora Edvijes Ribeiro destacou também a construção do edifício do palácio provincial do Kwanza-Norte, Casa da Juventude, salas de aulas e de postos de saúde em todo o município.
A reabilitação das instalações da Administração Municipal de Cazengo, da piscina do miradouro e do horto botânico do Quilombo foram outras acções apontadas pela responsável.
A melhoria das vias terciárias veio dar outro dinamismo à produção e escoamento dos bens agrícolas para a cidade, a extensão da rede bancária, aumento dos serviços de telecomunicações e a instalação do ensino superior. A administradora disse que se aguarda ainda o arranque da construção de quatro mil casas do projecto das novas centralidades, no âmbito do Programa Nacional de Habitação. A dirigente salientou que, enquanto este projecto não arranca, é difícil reorganizar os bairros, que se encontram em estado precário.
Dada a necessidade de melhorar as condições de habitabilidade, a administradora disse que o Governo projectou a urbanização de vilas e cidades, por meio da construção de novas residências.
Salientou que a Administração Municipal de Cazengo investiu, no ano passado, em 35 projectos públicos, dos quais 34 estão já concluídos. Entre os programas efectivados, destacou as acções ligadas ao saneamento e desenvolvimento local, acesso à alimentação e cuidados primários de saúde.

Tempo

Multimédia