Províncias

Cães raivosos estão a matar

Kátia Ramos | Ndalatando

Pelo menos três pessoas morreram no primeiro trimestre deste ano, mordidas por cães raivosos, na província do Kwanza-Norte, soube quarta-feira o Jornal de Angola junto do responsável do departamento de veterinária, João Alfredo

Pelo menos três pessoas morreram no primeiro trimestre deste ano, mordidas por cães raivosos, na província do Kwanza-Norte, soube quarta-feira o Jornal de Angola junto do responsável do departamento de veterinária, João Alfredo, que indicou os municípios de Bolongongo, Banga, Ngonguembo, Golungo Alto e Kiculungo como os mais vulneráveis por falta de transporte para a realização de campanhas de vacinação anti-rábica.
João Alfredo indicou, contudo, que um total de 500 animais de estimação, entre cães, gatos e macacos, foram vacinados contra a raiva, nos municípios de Ambaca, Cazengo, Cambambe e Samba Cajú, o que representa mais 300 em relação ao mesmo período de 2010.
O responsável sublinhou que a situação pode melhorar no próximo ano com a recepção de uma nova viatura, para a cobertura do processo de vacinação, e que a sua instituição vai vacinar mais de dez mil animais.
João Alfredo assegurou que a futura campanha de vacinação anti-rábica vai envolver mais meios técnicos e humanos, para alcançar a maior parte dos municípios e comunas, e defendeu a sensibilização das comunidades para aderirem ao processo.

Tempo

Multimédia