Províncias

Cambambe dá prioridade à Saúde

Marcelo Manuel | Cambambe

O novo administrador do município de Cambambe, Francisco Diogo, prometeu sexta-feira no Dondo, no acto da sua apresentação oficial, reabilitar os postos de saúde das comunas de Ndanji-Ya-Menha.

Programa da administração municipal prevê a reabilitação e construção de unidades sanitárias para baixar os índices de mortalidade
Fotografia: Nilo Mateus|Cambambe



O novo administrador do município de Cambambe, Francisco Diogo, prometeu sexta-feira no Dondo, no acto da sua apresentação oficial, reabilitar os postos de saúde das comunas de Ndanji-Ya-Menha.
“Pretendemos reabilitar os postos de saúde nas comunidades de Caxissa, Kassonde, Kiringo, Tubi, Aldeia Nova, pertencentes às comunas de Ndanji-Ya-Menha, São Pedro da Kilemba e Massangano”, enfatizou.
Francisco Diogo promete prestar maior atenção ao sector da saúde, com destaque para os cuidados primários, luta contra o mosquito e vacinação contra a poliomielite e o tétano.
Em relação ao sector da Educação, o novo administrador de Cambambe pretende construir cinco salas de aulas e residências para professores nas áreas de Cassonde e Tubi e reabilitar as escolas 18, 396 e 321-B, situadas a nível da cidade e periferia do Dondo.
Outra preocupação apontada é a da ampliação da merenda escolar em alguns estabelecimentos da região.
No sector agrário, os camponeses organizados em cooperativas e associações vão contar com o apoio da Administração Municipal, principalmente no que diz respeito à preparação de terras para o cultivo e ao escoamento dos produtos durante a fase de comercialização.
A criação de novas parcerias públicas e privadas, bem como a consolidação das já existentes, também fazem parte dos planos de trabalho de Francisco Diogo.
Francisco Diogo ocupava antes o cargo de administrador-adjunto e substituiu Gaspar da Costa “Godó”, que actualmente responde pela Administração Municipal de Lucala.  O novo administrador de Cambambe é coadjuvado por Leonor Garibaldi, que foi gerente da agência central do Banco de Poupança e Crédito em Ndalatando.

Tempo

Multimédia